Do xadrez ao “Copacabana”: o jogo e a jogatina na vida, no pensamento e na obra de Malba Tahan

Pedro Paulo Salles

Resumo

Criado por Malba Tahan em meados dos anos 1940 a partir das regras do bridge, o “copacabana” é um jogo de cartas que caracterizava as reuniões que o autor de O Homem que Calculava promovia ritualisticamente em sua casa, aos sábados, só com alguns amigos e parentes escolhidos a dedo. A jogatina tinha lugar na casa da rua Artur Araripe, número 43, na Gávea, Rio de Janeiro, onde residiu de 1943 até falecer, em 1974. A fim de compreendermos o lugar que os jogos ocupavam em sua atribulada vida de escritor, matemático e professor, definiremos primeiramente a presença do xadrez, trazendo imagens e apontamentos históricos e enxadrísticos necessários à sua compreensão. Feito isso, oferecemos ao leitor o jogo de cartas “copacabana”, com sua história, suas regras, seus lances e maneiras de jogar, buscando perpetuar, assim, mais uma prática malba-tahaniana, servida ao molho de expressões dos próprios jogadores, que davam vida às noites de jogatina.

 

Palavras-chave: Jogo, Educação Matemática, Malba Tahan.

 

FROM CHESS TO "COPACABANA": CARDS AND GAMES IN MALBA TAHAN’S LIFE, THOUGHT AND WORK

 

Abstract

 

Created by Malba Tahan in the mid 40s from the rules of bridge, "copacabana" is a card game that characterized the meetings that the author of The Man Who Counted ritually held on Saturdays in his house, with but a very few carefully selected friends and relatives. The card playing took place at his home on 43 Arthur de Araripe Street, in Gávea, Rio de Janeiro, where he lived from 1943 until his final days in 1974. In order to understand the place that the games occupied in his busy life as writer, mathematician and teacher, first of all, we will define the presence to chess, for which we will also provide some images, and historical and chess notes for better understanding. We will then offer the reader the "copacabana" card game, with its history, rules, moves and strategies, seeking to perpetuate, thus, another Malba-tahanian practice, served in a sauce of zesty expressions, which brought life to his card-playing nights.

 

Key words: Game, Mathematics Education, Malba Tahan.

 

DEL XADREZ AL "COPACABANA": EL JUEGO Y LA JOGATINA EN LA VIDA, EN EL PENSAMIENTO Y LA OBRA DE MALBA TAHAN

 

Resumen

 

Creado por Malba Tahan a mediados de los años 1940 a partir de las reglas del bridge, el “copacabana” es un juego de cartas que caracterizaba las reuniones que el autor de El Hombre que Calculaba promovía ritualísticamente en su casa en los sábados, sólo con algunos amigos y parientes elegidos por afinidad. El juego tenía lugar en su casa de la calle Artur Araripe, número 43, en la Gávea, Río de Janeiro, donde residió de 1943 hasta sus últimos días en 1974. A fin de comprender el lugar que los juegos ocupaban en su atribulada vida de escritor, matemático y profesor, definiremos primero la presencia del ajedrez, trayendo imágenes y apuntes históricos y ajedrecísticos necesarios para su comprensión. A continuación, ofrecemos al lector el juego da cartas "copacabana", con su historia, sus reglas, sus lances y maneras de jugar, buscando perpetuar, así, otra práctica malba-tahaniana, servida a la salsa de expresiones de los propios jugadores, que animaban las noches de sábado.

 

Palabras clave: Juego, Educación Matemática, Malba Tahan.

Palavras-chave

Jogo, Educação Matemática, Malba Tahan.

Texto completo:

PDF

Referências

A MANHÃ. Jogava o “Pif-Paf”. Concedido “habeas corpus” a favor do contraventor. A Manhã, ano 7, n. 2139, p. 5, jul. 1948.

A NOITE. As Manias das Celebridades. A Noite, ano 34, n.22, ano 11805, p. 1 e 12, dez. 1944.

ALFONSO X El Sabio. (org.) Libro de los Juegos. Libros de acedrex dados e tablas. MS, Biblioteca del Real Monasterio de El Escorial. Ed. em Sevilha, 1293.

____________. Libros del ajedrez, dados y tablas de Alfonso X. Ed. Fac-símile. 2 vols. Madrid: Poniente; Valencia: García, 1987.

BARRETO, René de O. Serie graduada de Mathematica elementar. Vol. I. São Paulo: Escolas Profissionais Salesianas, 1912.

Disponível em: acesso em 2017

______________. Serie graduada de Mathematica elementar. Vol II. São Paulo: Escolas Profissionais Salesianas, 1915.

Disponível em: acesso em 2017

BRILL, Alan. Grandeur and humility in the writings of R. Simhah Bunim of Przysucha. In: NAHUM, Hazon. Studies in Jewish Law. N. York: Yeshiva University Press, 1997.

BROWN, Lewis. Sabedoria de Israel. Rio de Janeiro: Pongetti, 1947.

CARETA. Incoersível [sic]. Revista Careta. Capa, charge de J. Carlos. Ano 38, n. 1978, mai. 1946.

CORREIO da Manhã. Malba Tahan dá uma chance em 3 hoje para o Brasil (Legenda: “Malba Tahan tira os sapatos para calcular melhor as oportunidades do Brasil”). Correio da Manhã, ano 66, n. 22480, p. 3, jul. 1966.

DECLERQUE, G. Paolo Boi. Xadrez escola Fátima website. 17 fev. 2012. Disponível em: < http://xadrezescolafatima.blogspot.com.br/2012/02/paolo-boi.html> acesso em 8 dez. 2017.

DYNNER, Glenn. Merchant Princes and Tsadikim: The Patronage of Polish Hasidism. Jewish Social Studies, vol.12, n.1, Fall 2005 (New Series), pp. 64–110.

FREIRE, Laudelino (org.). Grande e Novíssimo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: A NOITE, 1939.

GRANOVETTER, Matthew. I Shot my Bridge Partner. Toronto: Master Point Press, 2002.

KEVIN, G. Playing with the Devil. chessproblem.net website. 2 fev. 2008. Disponível em: acesso em 8 jan, 2018.

MA TOV, G. Tales of Tzaddikim: A wonderful collection of stories from our sages and the great Torah and Chassidic leaders. New York: Artscroll Mesorah Publications, 1999.

MELLO E SOUZA, João Batista de. Meninos de Queluz - crônica de saudade. Rio: Aurora, 1949.

MELLO E SOUZA, Julio C. de. Contos de Malba Tahan. Rio de Janeiro: LUX, 1925.

MUSSER, Sonja. Los libros de acedrex dados e tablas: Historical, Artistic and Metaphysical Dimensions of Alfonso X's Book of Games. Tucson: The University of Arizona, 2007. Dissertação.

REVISTA da Semana. Malba Tahan vs. Mello e Souza. (Legenda: “Em baixo, uma indiscreção [sic] de Vieira...[o fotógrafo]”). Revista da Semana, ano 47, n. 32, p. 9, ago. 1946.

TAHAN, Malba. Lendas do Bom Rabi. São Paulo: Saraiva, 1951.

____________. Numerologia, conheça seu destino pelos números. Rio de Janeiro: Record, 1969.

____________. O Homem que Calculava. (Edição comemorativa) Rio de Janeiro/São Paulo: Record, 2015.

____________. O Homem que Calculava. Rio de Janeiro: A.B.C., 1938.

____________. O Livro de Aladim. Rio de Janeiro: Getulio Costa, 1943.


Visualizações do PDF:

50 views


Visualizações do Resumo:

131 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud